Quem sou eu

Minha foto
A REDE SOCIOASSISTENCIAL DO DISTRITO DE PERUS é composta por um agrupamento de diferentes instâncias com objetivos comuns de: estimular a comunidade de Perus a tornar-se um sujeito de ações cidadãs minimizando o grau de vulnerabilidade local. Somos articuladores, mediadores e multiplicadores, na medida em que detectamos, analisamos e encaminhamos as ações propostas para os recursos disponíveis articulados por representações da rede privada e pública nas áreas: social, saúde, educação, meio ambiente, cultura, esporte e lazer, subprefeitura entre outras.

28 de ago de 2011

Carta de Princípios


A REDE SÓCIOASSISTENCIAL DO DISTRITO DE PERUS é composta por um agrupamento de diferentes instâncias com objetivos comuns de: estimular a comunidade de Perus a tornar-se sujeito de ações cidadãs minimizando o grau de vulnerabilidade local.

Somos articuladores, mediadores e multiplicadores, na medida em que detectamos, analisamos e encaminhamos as ações propostas para os recursos disponíveis articulados por representações da rede privada e pública nas áreas: social, saúde, educação, meio ambiente, cultura, esporte e lazer, subprefeitura entre outras.

PARÁGRAGO 1º

OBJETIVOS DA REDE
Para realização dessas atividades a rede participará das seguintes premissas:

- Ampliar as políticas públicas, para a melhoria dos atendimentos da comunidade local;
- Consolidar a rede ampliando a integração local;
- Sistematizar ações;
- Mapear recursos disponíveis no território;
-Atender usuários do distrito aprimorando a qualidade de atendimento, visando à melhoria da prestação de serviço.
- Articular serviços locais;
- Propor soluções e/ou encaminhamentos;
- Partilhar diferentes experiências sendo espaço de acolhimento;
- Criar instrumento de referência e contra referência para uso da rede
- Elaborar instrumentos de monitoramento e avaliação dos trabalhos da Rede.

PARÁGRAFO 2º

ESTRATÉGIAS

- Reuniões sistemáticas;
- Elaboração de proposta única e Ata;
- Encontros para discussões previamente definidos, a partir das necessidades da população podendo haver alterações;
- Mapeamento da rede local;
- Visitas para ampliar a Rede e efetiva participação no serviço;
- Convite a profissionais da área especializados;
- Discussão de casos;
- Espaço aberto para adesão de novos participantes.

PARÁGRAFO 3º

HORIZONTALIDADE

As decisões serão tomadas coletivamente, sendo um espaço democrático, onde todos os envolvidos na Rede têm o poder de opinar e deliberar com vistas no senso comum, prevalecendo à maioria.


PARÁGRAFO 4º

AUTOGESTÃO

- A coordenação será formada por dupla de serviços trocada a cada (3) três meses com indicação por área de atuação mista;
- A Rede deve ter como meta a assiduidade e pontualidade dos participantes;
- Os membros devem se apropriar de todos os instrumentos e ferramentas para consolidação e continuidade da rede;
-Toda reunião da rede deve ser documentada e divulgada através de instrumentos disponíveis e disponibilizada pelos coordenadores responsáveis.


PARÁGRAFO 5º

ITINERÃNCIA

- Os coordenadores serão responsáveis pela elaboração, guarda e leitura da Ata da reunião anterior;

- Os encontros serão realizados em locais disponibilizados pelos serviços dos participantes, possibilitando a oportunidade de que todos conheçam os serviços.

De acordo com o teor e princípios de comum acordo com os participantes a carta poderá sofrer alterações conforme necessidade para o bom andamento dos trabalhos.
              O presente documento será assinado em 02 (duas) vias.



São Paulo, 2011


-----------------------------                                     --------------------------------
      Representante                                                          Organização








Nenhum comentário:

Postar um comentário