Quem sou eu

Minha foto
A REDE SOCIOASSISTENCIAL DO DISTRITO DE PERUS é composta por um agrupamento de diferentes instâncias com objetivos comuns de: estimular a comunidade de Perus a tornar-se um sujeito de ações cidadãs minimizando o grau de vulnerabilidade local. Somos articuladores, mediadores e multiplicadores, na medida em que detectamos, analisamos e encaminhamos as ações propostas para os recursos disponíveis articulados por representações da rede privada e pública nas áreas: social, saúde, educação, meio ambiente, cultura, esporte e lazer, subprefeitura entre outras.

6 de fev de 2015

Ata da reunião de Novembro de 2014


MEMÓRIA DA REUNIÃO DA REDE SOCIOASSISTENCIAL DE PERUS REALIZADA NO DIA 26/11/2014

Ata da reunião realizada no SASF Perus em 26/11/2014, às 9:00h.
·           Participantes
Christian C. Nogueira (NPJ Perus); Eleni M. Rampinelli Bozzo (CCA Recanto III); Marcio Araujo (SAICA Doce Lar V); Paola Janelli (UBS Caiuba); Maria Elizabeth (Biblioteca); Rosilene Ramos (CCM Perus); Rosimeire Reis (NCI Perus); Clelia Santos (SMSE/MA PR); Vanessa Santos (SMSE/MA PR); Maria Aparecida Megiorim (EE Manuel Bandeira); Wilma Silva (Projeto Bem-Me-Quer); Maria de Lourdes Freire (UBS Rec Humildes); Patricia Martins (Orquestra Cidadã); Cristiane Oliveira (SASF Perus).

·           Leitura da Ata da última reunião
Foi realizada leitura da ata da reunião do dia 29/10/2014 e não foram apontadas modificações.

·           Abaixo assinado linha 8010/10
Recolhemos e entregamos para a Sra. Wilma as folhas do abaixo assinado solicitando a modificação do trajeto da linha de ônibus 8010/10 Perus-Lapa. A Sra. Wilma irá repassar as folhas assinadas para a Sra. Iva, idealizadora do projeto, que pesquisará como realizar o próximo passo: entregar a solicitação de mudança para a SPTrans.
Todavia, como não foi possível recolher um número grande de assinaturas e também porque alguns serviços não trouxeram suas listas assinadas nesta data, estendemos o prazo de entrega, solicitando que cada serviço encaminhe suas listas com assinaturas diretamente ao serviço Bem-Me-Quer, onde a Sra. Wilma receberá estas.
Lourdes informou que passará as listas na UBS Recanto. Rosilene relatou que irá passar as listas no ato de mobilização que o CCM fará.

·           SUS Dance
Maria de Lourdes informou que está fazendo parte do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento do SUS Dance. Ela relatou que uma pesquisa já foi iniciada nas escolas, sendo que está acontecendo da seguinte forma: uma sala por série responde a pesquisa.
No próximo dia 27 irá acontecer a tabulação dos dados recolhidos nesta pesquisa. Um modelo das perguntas foi passado para apreciação dos participantes da reunião.
A próxima reunião do SUS Dance será no dia 11/12/2014, na Escola Manuel Bandeira, às 14h. Ela ressaltou que ainda há espaço para novos interessados.
Wilma indagou sobre como está sendo o processo de preparação das escolas.
Maria Aparecida informou que estão sendo utilizados diversos recursos para atingir os alunos, como teatro por exemplo.
Patrícia solicitou que os resultados da pesquisa fossem repassados para toda a Rede.
Paola ressaltou mais uma vez que o projeto ainda está aberto para quem quiser participar, pois há muitas coisas a se fazer: montar aulas, realizar capacitações, etc. Todavia, a esta altura do campeonato não é possível integrar novas ideias, pois há pouco tempo para tudo ser montado. O momento é de realizações, efetivando as ideias tidas até aqui e fazendo a coisa acontecer. Para isso, quanto mais pessoas melhor. Ela ainda explicou que o grupo Street Som está fazendo parte do núcleo educacional.
Cada núcleo tem seu cronograma próprio de reuniões e encontros, sendo que o núcleo educacional tem um encontro agendado para o dia 16/12/2014 no CCM.
É possível também acessar a página do Projeto SUS Dance no Facebook
facebook.com/susdanceperus
Já estão previstas algumas capacitações sobre HIV nas escolas. Serão quatro palestras em cada escola. Até o momento o projeto tem um total de 16 escolas.
Wilma informou que o Bem-Me-Quer pode auxiliar nesta etapa, pois eles já realizam um projeto junto às escolas da região.
Maria de Lourdes destacou que realmente existe muita demanda em relação à sexualidade para ser trabalhada na região. Paola verbalizou que é importante dar orientações. Maria Aparecida completou que as famílias precisam de informações. Paola continuou dizendo que na UBS Caiuba existem várias ações de orientação, mas mesmo assim ainda existem lacunas a serem trabalhadas. Segundo Maria de Lourdes, a UBS Recanto faz intervenções nas escolas e depois montam um teatro para apresentar. Esta ação deixa os alunos bem envolvidos.
Maria Aparecida ressaltou que é importante elaborar ações que promovam o protagonismo dos jovens e facilitem o aprendizado, pois é preciso sair do tradicional (circo, torta na cara, etc). É importante usar a criatividade.
Ela continuou dizendo que os jovens não medem consequências, se expõem a riscos, muitas vezes que ameaçam suas vidas e é por isso que nossas ações devem ir no sentido de afastá-los destes riscos e conscientizá-los, de uma maneira que tenha significado para eles.
Marcio concordou com a afirmação acima, destacando que os casos de HIV entre a população em geral têm aumentado. Segundo ele, talvez não por falta de informação, afinal vivemos na época em que a informação nos ronda o tempo todo, mas sim pela qualidade que esta informação chega até nós.
Patrícia destacou que o sexo ainda é um assunto tabu. Falta preparação emocional das pessoas para lidar com o assunto, principalmente entre os jovens. É importante trabalhar esta preparação. Ela ainda verbalizou que a Orquestra Cidadã pode agregar as ações do SUS Dance.
Paola lembrou que realmente a organização do projeto está buscando apresentações culturais. Ela se dispôs a levar a informação sobre a Orquestra para a Comissão.
Patrícia ainda completou dizendo que tem experiência em trabalhar com situações de violência e drogadição, podendo ser mais um apoio para trabalhar estas questões no projeto.
Maria de Lourdes disse que quanto mais ampliarmos nossas ações mais jovens conseguiremos atingir.
Maria Aparecida lembrou que a dança é um primeiro passo nesta empreitada, um instrumento para podermos criar vínculo e nos aproximar de fato dos adolescentes, mas com o tempo poderemos agregar mais ações, como teatro, circo, poesia, etc.
Paola ainda explicou que no inicio o projeto era para ser um show de talentos, mas a ideia seria muito abrangente e talvez não fosse possível fazer. Por isso optaram por focar neste primeiro momento somente na dança.
Maria aparecida concordou e ressaltou que o importante é despertar o interesse destes jovens.

·           Ação Social
Foi lembrado que é necessário retomar as discussões sobre a Ação Social que a RESAPE tenta promover a algum tempo, mas até o momento não conseguiu.
Foi explicado que esta ação consiste em reunir em um mesmo espaço diversos serviços de promoção de cidadania em um único dia, para que a população possa entrar em contato com estes e se informar de maneira mais fácil e acessível.
Maria Aparecida relatou que já foram feitas tentativas, através do Programa Escola da Família, uma ação deste jeito, mas também até este momento não aconteceu.
Christian lembrou que o modelo que tem funcionado nas redes neste momento é a criação de uma comissão responsável por cuidar de uma determinada ação. Sendo assim, propôs criar uma comissão responsável por tomar frente das articulações para organizar a Ação Social no território de Perus.

A Comissão Ação Social ficou composta por:
- Cristiane (SASF Perus)
- Maria Aparecida (EE Manuel Bandeira)

Clelia lembrou que é preciso entrar em contato com o CIC Oeste para buscar informações sobre como realizar esta ação.
Maria Aparecida informou que o espaço da Escola Manuel Bandeira pode ser usado para a realização desta ação. Foi lembrado que a Escola Gavião Peixoto também já é uma opção, mas é preciso pensar na facilidade de acesso para a população.
Cristiane ressaltou que é preciso para esta ação envolver o máximo de secretarias possível, para que a maior quantidade de serviços seja oferecida.
Christian ficou de passar o modelo de ofício que foi enviado ao CIC Oeste para Cristiane.

·           Calendário 2015
Próxima reunião
Dia: 25/02/2015
Horário: 9h
Local: Projeto Bem-Me-Quer
MÊS
DIA

Março
19
AMPLIADA (sugestão de mudar para abril)
Abril
29
AMPLIADA (PROPOSTA)
Maio
27

Junho
24
AMPLIADA
Julho
29

Agosto
26

Setembro
17
AMPLIADA
Outubro
28

Novembro
25


Foi sugerido durante as discussões que a primeira reunião ampliada do ano aconteça no mês de Abril e não em Março. Clelia irá levar esta discussão para a Rede Anhanguera.

·           Informes
- Orquestra Cidadã
Em janeiro abrem as inscrições para o Projeto Orquestra Cidadã. Crianças e adolescentes de 06 a 17 anos podem se inscrever.

- Biblioteca
No dia 04/12/2014 às 19:30h haverá um debate sobre a Fábrica de Cimento de Perus

No dia 14/01/2015 haverá uma formação para jovens interasados em escrever projetos para o VAI
Mais informações em: www.prefeitura.sp.gov.br/ cidade/secretarias/cultura/bibliotecas/bibliotecas_bairro/bibliotecas_m_z/padrejosedeanchieta
Facebook: facebook.com/bibliotecajosedeanchieta

- CCM
O CCM irá passar por e-mail a programação completa de atividades do serviço.

Ata elaborada pela Coordenação Novembro/Fevereiro/Março
Christian Nogueira e Eleni M. Rampinelli Bozzo

Nenhum comentário:

Postar um comentário